Escrituração Fiscal Digital – EFD – ICMS / IPI

Curso

Escrituração Fiscal Digital – EFD – ICMS / IPI
Pontuação CRC: Aud: 8 / ProGP: 8 / Perito: 8 / ProRT: 8

Abordando as novas informações exigidas pela legislação e as alterações no leiaute para 2019, decorrentes da publicação do Ato COTEPE/ICMS 44/2018 e da Nota Técnica EFD ICMS/IPI 2018.001.

 

PROGRAMA ATUALIZADO!!!



Indique a um amigo

Este e todos os nossos demais cursos podem ser adaptados para realização In Company.
Para mais informações clique aqui.

Veja abaixo as opções de data e horários

Início dia: 23/10/2020
Dias: 23/Outubro/2020 - 6ª feira
Turmas: Das 8h30 às 17h30
Local: Prodep - Rua Correia Dias, 352 - São Paulo - São Paulo
5x de 139, * 5% desc. ou a/v Inscreva-se
ou
Saiba Mais


Inclui Material Didático e Certificado.


Esse curso pode ser ministrado com abordagem dirigida, na medida certa para sua empresa. Clique no botão abaixo e saiba mais sobre os Treinamentos In Company

Saiba mais sobre In Company

- Objetivos

Abordar os procedimentos para a escrituração fiscal relativa ao ICMS e ao IPI na forma digital, conforme estabelecido no Sistema Público de Escrituração Fiscal Digital – SPED, e seus reflexos na rotina das empresas.


- Indicado a

Profissionais das áreas Fiscal, Contábil, Auditoria, Consultoria e de Informática, responsáveis por apresentação de informações econômico-fiscais ou interessados em conhecer as normas relativas à escrituração eletrônica das informações fiscais.


Programa

1 - SPED – Sistema Público de Escrituração Fiscal Digital
Base legal, objetivos e módulos do projeto.

2 - Escrituração Fiscal Digital – EFD – ICMS/IPI
Obrigatoriedade de apresentação da EFD
Obrigações acessórias substituídas pela EFD
Prazo de entrega e de retificação das informações no Estado de São Paulo
Consequências da não apresentação ou por apresentação com informações inexatas, incompletas ou omitidas

3 Informações apresentadas no arquivo da EFD – ICMS/IPI
Características do arquivo digital
Regras gerais de preenchimento
Tabelas que deverão ser elaboradas pelo contribuinte
Tabelas de códigos de ajustes
Comentários sobre as informações que devem ser apresentadas nos blocos:
- Bloco A – Abertura, Identificação e Referências
- Bloco B - Escrituração e Apuração do ISS
- Bloco C - Documentos Fiscais I – Mercadorias (ICMS/IPI)
- Bloco D - Documentos Fiscais II – Serviços (ICMS)
- Bloco E - Apuração do ICMS e do IPI
- Bloco G - Controle do Crédito de ICMS do Ativo Permanente – CIAP
- Bloco H - Inventário Físico
- Bloco K - Controle da Produção e do Estoque
- Bloco 1 - Outras Informações
Comentários sobre a utilização das tabelas:
-Tabela 5.1.1 - Tabela de Códigos de Ajustes de Lançamentos e de Apuração do Imposto
- Tabela 5.3 - Tabela de Ajustes e Informações de Valores Provenientes de Documento Fiscal
- Tabela de Códigos DIPAM

4 Obrigatoriedade das informações
Documentos fiscais que deverão ser escriturados
Documento Fiscal cancelado e inutilizado
Códigos de situação dos documentos
Códigos de situação tributária

5 Comentários sobre a forma de escrituração de operações
Escrituração relativa ao diferencial de alíquota – EC 87/2015
Fundo de Combate à Pobreza
Diferencial de Alíquota – Art. 117
Base de cálculo reduzida

6 Comentários sobre a utilização do programa validador da EFD – ICMS/IPI
Procedimentos na importação dos dados e na validação
Correção de erros
Digitação de informações
Assinatura e transmissão do arquivo

Dulcinéia Lopes dos Santos

Formada em Ciências Econômicas, pós-graduada em Controladoria/Auditoria e Análise de Sistemas. MBA em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. Mais de 35 anos de vivência prática na área fiscal. Atuou como Supervisora de Impostos em empresa Multinacional. Experiência de mais de 20 anos como Instrutora em cursos de Aperfeiçoamento Profissional. Professora em cursos de pós-graduação em Gestão Tributária. Desenvolve trabalhos de Consultoria e Treinamento na Área Fiscal.

Busca

Limpar

Tags