PIX - Impactos e Reflexos Tributários - EAD / AO VIVO

Curso

PIX - Impactos e Reflexos Tributários - EAD / AO VIVO

Curso EAD / Ao Vivo - A Prodep vai até onde você estiver!

RFB, BACEN, Estados e Municípios

IRPF, IRPJ, CSLL, PIS, COFINS, IPI, ICMS e ISS

Apresentação de casos práticos de reflexos contábeis e tributários do PIX.

Análise dos riscos tributários gerados por transações bancárias via PIX.

Lucro Real, Lucro Presumido ou Simples Nacional.



Indique a um amigo

Este e todos os nossos demais cursos podem ser adaptados para realização In Company - Presencial e/ou EAD.
Para mais informações clique aqui.

Veja abaixo as opções de data e horários

Início dia: 26/02/2021
Dias: 26/Fevereiro/2021 - 6ª feira
Turmas: Das 8h30 às 12h30
Local: EAD - Ao Vivo - Você faz o curso onde quiser!!! - Internet
5x de 90, * 5% desc. ou a/v Inscreva-se
ou
Saiba Mais

Início dia: 26/03/2021
Dias: 26/Março/2021 - 6ª feira
Turmas: Das 8h30 às 12h30
Local: EAD - Ao Vivo - Você faz o curso onde quiser!!! - Internet
5x de 90, * 5% desc. ou a/v Inscreva-se
ou
Saiba Mais


Inclui Material Didático e Certificado.


Esse curso pode ser ministrado com abordagem dirigida, na medida certa para sua empresa. Clique no botão abaixo e saiba mais sobre os Treinamentos In Company

Saiba mais sobre In Company

- Objetivos

Assunto muito atual, vamos analisar o novo regime de transações bancárias através do PIX, os principais objetivos da nova Norma Legal para fins de se evitar fraudes, crimes financeiros e sonegação de impostos, bem como também os impactos do PIX nos escritórios/empresas de contabilidade junto aos clientes, através da fiscalização da Receita Federal, do Banco Central dos Estados e Municípios, independentemente do regime de tributação da empresa, seja Lucro Real, Lucro Presumido ou Simples Nacional.

Aula expositiva prática com apresentação de slides e interação entre o Professor e os Participantes, através de exercícios e casos práticos resolvidos, perguntas e respostas com lastro legislativo e jurisprudencial.

Vantagens, Benefícios e Ganhos em participar desse curso:

Para as empresas

Evitar contingências fiscais passivas - orientação prática e legal sobre o que vem a ser o PIX e quais os impactos e reflexos contábeis e tributários, que envolvem pessoas jurídicas e também empresas do mesmo grupo econômico empresarial.

Para o(a) participante

1 - Aplicação prática e operacional em como utilizar o PIX de forma segura e de acordo com a Legislação

2 - Atualização, aperfeiçoamento e agregação de mais conhecimentos fiscais, contábeis, societários e tributários sobre a nova forma de pagamento

3 - Aprendizagem profissional com mais conhecimentos técnicos para fazer a diferença dentro da própria Empresa e no mercado de trabalho


- Indicado a

Responsáveis por Escritórios Contábeis e de Assessoria Contábil, Fiscal e Tributária, Empresários, Sócios de ME, EPP, PME e Sociedades de Grande Porte - SGP, Contadores, Consultores Fiscais, Auditores, Advogados Tributaristas, Advogados da área empresarial, Controllers, Gerentes Administrativos e Financeiros, Supervisores e Encarregados do Departamento Fiscal ou Contábil e demais profissionais ligados às áreas Contábil, Fiscal, Jurídica e Financeira.


Programa

1 - PIX em substituição ao TED e DOC
PIX não é um aplicativo. PIX é um meio de pagamento

2 - Cruzamentos de informações
Bancárias - Banco Central
Fiscais - Receita Federal
PIX x Caixa 2
PIX x Lavagem de Dinheiro
PIX x COAF
PIX x DME (RFB)
PIX x Cartões de Créditos
PIX x Cartórios de Imóveis
PIX x Detran
PIX x e-Financeira

3 – Rastreamentos da RFB e BACEN
Transações financeiras em dinheiro vivo (em espécie)
Transações Suspeitas
COAF
Lavagem de Dinheiro
Tributação

4 – PIX – Regras de Tributação - Circular BACEN 3.978
Operações de valor superior a R$ 2.000,00
Operações a partir de R$ 50.000,00

5 - Clientes que não enviam Documentos Bancários e Transações via PIX aos Escritórios Contábeis
O que fazer nesses casos?

6 - PIX e os impactos nos Escritórios/Empresas de Contabilidade

7 - PIX e a Documentação Contábil e Fiscal para fins de provas perante a RFB, Estados e Municípios

8 - Contabilização diária das Transações de Entradas e Saídas via PIX
Inclusive movimentação aos sábados, domingos, feriados e nas madrugadas de todos os dias

9 - PIX x Quebra do Sigilo Bancário

10 - Empresas que não contabilizam Contas Bancárias e nem Aplicações Financeiras
Como regularizar legalmente?

11 – Riscos em Operações via PIX
Empresa que vende ou presta serviços, não emite nota fiscal e recebe de bancos, com o PIX - a empresa estará mais exposta à fiscalização da RFB?

12 - Mútuo, AFAC, conta corrente entre as empresas do mesmo grupo empresarial x PIX x Fiscalização da RFB (IOF, IRRF)

13 - A empresa é obrigada a apresentar à fiscalização da Receita Federal, Estadual e Municipal os seus extratos bancários

Carlos Alberto Cordeiro

Bacharel em Direito e Pós Graduando em Direito Tributário e Especializando em MBA em Gestão Tributária e Contabilidade Digital, Profissional da Contabilidade e com Diversos Cursos de Especialização nas áreas Tributária, Contábil e Societária. Professor Palestrante e Instrutor especialista cadastrado no CRCSP. Atualmente também, Professor Universitário em cursos de Extensão Universitária e de Especialização. Consultor Tributarista com 20 anos de experiência e especialização em assuntos contábeis, fiscais e societários. Atualmente desenvolve trabalhos de assessoria e consultoria tributária e contábil em diversas empresas nacionais e multinacionais no Brasil. Professor convidado em diversas organizações de ensino profissional. Foi gerente da Consultoria Tributária, Contábil e Societária na COAD-SP. Associado ANEFAC – Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade. Especialização na Legislação Tributária, Societária e Planejamento Fiscal de empresas.

Busca

Limpar